A importância do feedback depois de um entrevista

LinkedInFacebookTwitterGoogle+PinterestEmailPrint

O feedback depois da entrevista é um assunto que interessa muito aos candidatos e ao mesmo tempo é uma questão que preocupa aos RH’s. Sabemos que muitas empresas acabam não retornando para todos os candidatos que compareceram a uma etapa presencial.

Segundo uma pesquisa da Emprego Ligado, um terço das empresas só dá feedback para aqueles candidatos que foram aprovados. Essa atitude gera ansiedade e frustração no restante dos profissionais. Deixá-los esperando semanas por um contato que não vai acontecer causa um mal estar desnecessário.

Em entrevista com 646 RH’s descobrimos que existem 4 principais razões para essa falta de retorno. O motivo mais alegado foi a falta de tempo (41%), seguida pelo baixo desempenho do candidato na entrevista (23%), e a falta de informações sobre o cargo (19%) Por fim, 17% disseram não dar retorno pois o candidato não tinha a experiência necessárias.
Esse grande número de falta de feedbacks nos leva a pensar no caminho que o RH está tomando hoje em dia. Tanto como um profissional que cuida dos interesses da empresa quanto de pessoas, o feedback deveria ser mais valorizado. Entendemos que o tempo é curto e as demandas não param, mas pensar no próximo ao dar feedback para todos os candidatos é algo que vai fortalecer a reputação da empresa e colaborar com o futuro de jovens profissionais.

Se você se colocar no lugar do candidato é fácil entender. Eu não indicaria para os meus amigos e colegas uma empresa que eu me dediquei no processo seletivo e não me deu qualquer tipo de retorno. A valorização da pessoa é algo cada vez mais importante para os profissionais na hora de escolher uma empresa para trabalhar, e é isso que ajudará a construir a imagem da empresa perante ao mercado. Dando um feedback, mesmo que rápido, você está ajudando não só a criar profissionais melhores mas também uma empresa mais ética e correta.

Algumas empresas são consideradas referencia quando se trata de feedback. Por exemplo, a Leroy Merlin e o Itaú, em seus processos de Trainee fazem questão de chamar individualmente cada candidato para comentar o desempenho na dinâmica de grupo e quais habilidades deveriam ser aprimoradas.

E você? Sempre dá retorno para os seus entrevistados? Tem um ponto de vista diferente do nosso? Gostaríamos muito de ouvi-lo. É só deixar nos comentários.

LinkedInFacebookTwitterGoogle+PinterestEmailPrint

Comentários

comentários

Os comentários estão desabilitados.