Quais as diferenças de um RH operacional para um estratégico?

LinkedInFacebookTwitterGoogle+PinterestEmailPrint

O departamento de Recursos Humanos é uma peça fundamental no cuidado com o bem mais valioso da empresa: as pessoas. Sem elas, não há trabalho, mudanças, crescimento, criatividade e inovações. Não há concretização de objetivos e estímulo ao crescimento da produção, bem como ampliação na visibilidade da marca. Porém, o RH pode atuar de maneira mais restrita (RH operacional) ou mais ampla e dinâmica (RH estratégico). Ambos têm pontos em comum, mas com atuações significativamente diferentes. Conheça, agora, as diferenças entre o RH operacional e o RH estratégico:

RH operacional

O RH operacional é o mais tradicional, normalmente burocrático, focado nos processos e procedimentos. Além de englobar o departamento pessoal e suas funções (cálculos trabalhistas, relações de trabalho, folha de pagamento), também atua com seleção de pessoal, treinamento e desenvolvimento e avaliações de desempenho, porém com foco operacional, voltado às atividades, não se atentando a seus impactos e resultados efetivos para a organização. É um realizador de tarefas.

Embora grande parte dos RHs funcione assim, a tendência crescente é sua extinção e substituição pelo RH estratégico, pois muitas de suas funções estão sendo terceirizadas. Além disso, há programas (softwares) especificamente desenvolvidos para controlar, mensurar e realizar ações das relações de trabalho (folha de ponto, pagamentos, emissão de documentos etc.).

As terceirizações contam com consultorias e assessorias em educação corporativa, substituindo os analistas de treinamento; serviços em recrutamento e seleção; contratação de empresas especializadas em avaliação de mercado e estrutura interna, fazendo as vezes da função do analista de cargos e salários, com o objetivo de desenvolver um plano de ação para captação e desenvolvimento da carreira dos colaboradores.

RH estratégico

Nesse cenário, surge a necessidade de um RH com desempenho mais crítico, articulado, dinâmico e efetivo no desenvolvimento da organização: o RH estratégico. Ele conhece bem os objetivos da empresa, é articulado, focado em resultados mensuráveis e agrega valor às pessoas e ao negócio, sem supervalorizar um sobre o outro.

Os profissionais que atuam nos RHs de orientação estratégica são normalmente administradores, psicólogos e pedagogos com visão de mercado e de negócios, que sabem engajar a força de trabalho, o quadro de colaboradores, aos objetivos e metas da empresa, com base em sua visão, missão e valores, motivando e reconhecendo os colaboradores no processo.

A abordagem do RH estratégico vai além dos processos e atividades, ele flui vertical e horizontalmente entre gestores e colaboradores, compreendendo o sistema complexo e completo de produção.

Podemos identificar um RH estratégico, basicamente, pelas seguintes características: têm conhecimento de negócio, entendimento do mercado, conhecem os processos da empresa e o econômico; possuem foco em resultado; têm efetividade; traçam metas e objetivos, sabendo aonde querem chegar;  possuem visão sistêmica, conhecendo a empresa no geral e com decisões que consideram os impactos e resultados.

Além disso, o RH estratégico também faz uma gestão pautada em fatos, diagnosticando oportunidades e avaliando resultados; participa de todas as tomadas de decisão; têm dados suficientes e seguros para implementação de novos programas; cultivam a confiança entre os colaboradores e levam resultados positivos a todos.

E então, você ainda tem alguma dúvida? Escreva para nós através dos comentários!

LinkedInFacebookTwitterGoogle+PinterestEmailPrint

Comentários

comentários

Os comentários estão desabilitados.